Antenados Produtora

certificada 2015

Instituição
Missão Ramacrisna
Endereço
Rua Mestre Ramacrisna, 379 caixa postal 195 - Santo Afonso - Betim/MG
E-mail
solange@ramacrisna.org.br
Telefone
(31) 3438-5500
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Solange Bottaro(31) 3438-5500solange@ramacrisna.org.br
Resumo da Tecnologia

A tecnologia visa oferecer novas perspectivas de vida e promover o empoderamento de jovens acima de 16 anos, em situação de vulnerabilidade social, moradores em área rural em periferia de cidade do interior, através da qualificação profissional no segmento de fotografia, cinegrafia, edição de imagens e redação. Essa formação possibilita se tornarem potenciais produtores de conteúdo e agentes transformadores da sociedade em que vivem, gerando trabalho e renda através da prestação de serviços a empresas e organizações sociais, produzindo reportagens, coberturas fotográficas e vídeos institucionais, tornando-se um grupo autossustentável e autônomo, possibilitando a replicação da tecnologi*{ods4},{ods8}*

Tema Principal

Renda

Tema Secundário

Educação

Problema Solucionado

A regional de Vianópolis, localizada em área rural na periferia de Betim, segundo dados do IBGE, apresenta 6,96% de seus domicílios sem nenhuma renda fixa mensal, além de concentrar os mais baixos rendimentos do município, ou seja, 77,6% da população apresenta renda até dois salários mínimos, sendo uma das regiões mais pobres da cidade. As famílias são numerosas, mononucleares em sua maioria e mantidas, geralmente, pela mãe ou avó. Os filhos convivem com a ausência do pai, comumente desconhecido, desaparecido ou alcoolizado. Moram em construções improvisadas, sobrevivem com ajuda de programas sociais e enfrentam várias dificuldades: infraestrutura deficiente, desemprego, alcoolismo, violência, alto índice de homicídios, tráfico de drogas, dentre outros. Essa realidade levou a Ramacrisna a desenvolver projetos que envolvessem os jovens, promovendo sua dignidade e possibilitando-lhes descobrir seu potencial, habilidades e competências, uma estratégia para afastá-los do trabalho inadequado, do uso e tráfico de drogas e de incentivo à continuidade dos estudos. Um dos projetos foi o Grupo de Jovens Comunicadores Antenados onde aprendem fotografia, vídeo, reportagens e fanzines.

Objetivo Geral

Oferecer aos jovens, em situação de vulnerabilidade social, a possibilidade de se tornarem potenciais produtores de conteúdo e agentes transformadores da sociedade em que vivem, gerando trabalho e renda a partir da prestação de serviços no segmento de fotografia, cinegrafia e edição de imagens.

Objetivo Específico

*Através da Produtora Antenados, oportunizar geração de renda para jovens entre 16 e 29 anos, por meio da oferta de produtos como vídeos institucionais, reportagens, cobertura de eventos, treinamentos e fotos para o mercado de empresas e organizações sociais. *Qualificar jovens a partir de 15 anos, em situação de vulnerabilidade social, alunos de escola pública, no segmento de comunicação e multimídia com aulas teóricas e práticas de fotografia, cinegrafia, edição de imagens e redação, com possibilidade de contratação ao final do curso. *Promover a elevação do nível de escolaridade dos jovens participantes dos Antenados por meio de incentivos como auxilio no pagamento das mensalidades, do transporte, etc. de acordo com o seu desempenho escolar.

Descrição

A tecnologia social foi criada pela Ramacrisna em 2007, para que, através do uso de múltiplas ações de comunicação, os jovens da região, alunos de escola pública, pudessem ampliar seus horizontes e conhecimentos. A ideia foi exposta e avaliada pelos beneficiários e funcionários da Instituição e as atividades iniciadas em 2007, contavam com 17 jovens entre 14 a 19 anos. O nome, Jovens Comunicadores Antenados foi uma criação do grupo. Foi contratado um profissional, formado em publicidade, para atuar como coordenador técnico. Uma professora, cedida pela Secretaria de Educação de Betim, atua como coordenadora pedagógica. Os participantes, alunos de ensino médio, perceberam seu potencial e hoje temos jovens já graduados e outros em curso na área de comunicação. Desenvolvem atividades em cinegrafia, edição de imagens, fotografia, tratamento de fotos, criando vídeos, reportagens, curta metragens, fotos, jornal impresso e fanzine. Têm participação ativa nas diversas mídias eletrônicas como blog (com mais de 100.800 acessos em 22 de maio de 2015), Facebook, twitter, e-mails, etc. A proposta é que o jovem seja responsável pela construção de seu conhecimento e, motivado pelo uso de novas tecnologias, perceba o seu significado em diversos contextos, aprenda, colabore, sinta-se desafiado. A produção em conjunto tem como ponto de partida temas de interesse do grupo a partir do uso dos diversos recursos disponibilizados. Ao dividir com o grupo a tarefa de produzir um vídeo, por ex., os participantes compartilham responsabilidades diferenciadas, lidam com desafios que envolvem a relação com o outro e sua diversidade e até mesmo a resolução de problemas próprios da tarefa. Nestes 7 anos de existência, o Antenados registrou avanços em sua metodologia, recebeu reconhecimentos, ganhou autonomia e hoje é referência em comunicação. Atuam em ritmo extremamente dinâmico, circulam em diversos espaços educacionais e culturais o que requer atualização diária. São necessárias pesquisas, estudos, reuniões, e isso possibilita aos participantes experiências significativas de aprendizagem e o aprimoramento do português. Antenados é um programa inovador que tem o jovem como elemento central de toda a prática construtiva, desde a elaboração, execução e avaliação. O jovem descobre formas de se inserir na vida pessoal e social como pessoa e cidadão, tem uma participação social relevante, estimulando outros jovens e as comunidades através de suas notícias veiculadas em reportagens, curtas metragens, jornais impressos, fotografia. O amadurecimento dos jovens com percepção clara de responsabilidades, direitos e deveres assim como o desenvolvimento de competências e habilidades favoreceu a criação de produtos de alta qualidade que receberam o respeito e admiração da comunidade e da sociedade em geral. Como resultado, em novembro de 2014, foi inaugurado um novo espaço com 200 m². O local, conta com equipamento de última geração, inclusive uma ilha de edição, redação, sala de aula e cinemateca aberta ao público externo. A inauguração consolidou uma circunstancial que já vinha sendo vivenciada pelos Antenados desde 2008, ao serem contratados para realizar coberturas remuneradas de treinamentos, eventos, fotos e até vídeos institucionais, por empresas e organizações sociais. Após fazer análise de mercado, consultar profissionais da área e realizar reuniões da diretoria da Ramacrisna com os Antenados, decidiu-se formalizar essa ação de prestação de serviços do grupo. Em razão da experiência já adquirida na cobertura das ações da Ramacrisna realizadas desde o início do projeto Antenados e as atividades realizadas para outras organizações, criou-se a Antenados Produtora, com o diferencial de ser especializada em Terceiro Setor, já que teve sua origem nesse segmento. Atualmente a Produtora Antenados conta com um quadro de pessoal dividido em: 7 instrutores CLT- 44 horas semanais; 9 assistentes CLT – 20 horas semanais e 15 alunos na escola de Multimídia Antenados a cada semestre. A Escola tem o objetivo de promover aprendizagem para jovens de 15 a 18 anos, estudantes do ensino médio de escolas públicas, nas áreas de comunicação e audiovisual. Os alunos recebem aulas teóricas e práticas de jornalismo, redação, fotografia, cinegrafia e edição de imagens, além de ter que desenvolver um trabalho prático para conclusão do curso. Ao final do curso, existe a possibilidade de contratação como Assistente, aos alunos que se destacaram. Além de promover a formação desses jovens, a escola visa renovar seu quadro de Assistentes. A Produtora Antenados tem conta bancária, CNPJ de filial da Ramacrisna e seus instrutores além do salário recebem os resultados positivos das produções em partes iguais. De acordo com o Plano de Negócios feito por consultor da Fundação Dom Cabral, o período de incubação se encerra em junho de 2016, com a Produtora tornando-se autossustentável e autônoma.

Resultado Alcançado

Os resultados individuais alcançados pelos jovens foram a elevação do nível de escolaridade, a promoção da cidadania, educação profissional; aprimoramento do uso escrito e falado da língua portuguesa; socialização ao interagir com os mais diversos ambientes e profissionais; desenvolvimento de uma visão crítica em relação a situações e novos conhecimentos adquiridos; elevação do nível de autoestima e autoconfiança dos adolescentes e jovens. Além de possibilitar a profissionalização dos jovens, a Antenados Produtora gera recursos para sua manutenção e continuidade dos estudos deles. Durante os sete anos de atividades, foram realizadas: 473 produções audiovisuais entre reportagens e matérias; 13 curtas-metragens; 23 documentários; 5 vídeos institucionais; 19 jornais impressos com tiragem de mil exemplares cada; 1 revista; 109 fanzines. Além de participações em cursos, seminários, eventos, programas de rádio, TV e prêmios recebidos. -Ministraram cursos nas faculdades Pitágoras e PUC Betim, escolas públicas e particulares sobre diversas áreas da comunicação. -Participaram em 2009 e 2010 do festival de curtas da ONG Favela é isso ai! -Com a temática de meio ambiente realizaram 15 vídeos, que foram exibidos na TV Betim. -Responsáveis pelo CRIARTE, único Ponto de Cultura da cidade, produziram 15 shows em todo o município entre 2011 e 2013. -Em março de 2012, comemorou cinco anos com exposição aberta ao público, Projeto Antenados –5 Anos Transformando Vidas, no Museu Paulo Gontijo, em Betim, durante 14 dias, visitada por 1.500 pessoas. Prêmios: 2008 Menção Honrosa Prêmio Cidadãos do Mundo – Jornal Hoje em Dia. 2010 Prêmio Aluísio Pimenta. 2014 – Exibição de vídeo no 5º Encontro Nacional dos Pontos de Cultura que integram o Programa Cultura Viva – Natal/RN Entre 2008 e 2013, já realizavam vídeos remunerados. Clientes antes da Produtora: Colégio Arnaldo; CMRR- Centro Mineiro de Referência em Resíduos; IX – X e XI Encontro Nacional do Terceiro Setor; Cemig; Polo de leitura Ler & Ler- Instituto C&A; Soc. Amigos do Petrovale; Petrobras - Projeto Por Um Time Chamado Ramacrisna; Hospital Risoleta Neves; CEMAIS- Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais. Clientes Antenados Produtora 2014 – Cia. Seguros Porto Seguro; Assessoria Imprensa Pessoa Comunicação; Agencia Melt Comunicação; Orcca - Organização Regional de Combate ao Câncer; APAE BH. Os contatos dos clientes surgem a partir da indicação de quem conhece ou já foi atendido pela Antenados Produtora.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Betim / Minas GeraisSanto Afonso01/2007
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adolescentes
Alunos do ensino fundamental
Alunos do ensino médio
Alunos do ensino superior
Empreendedores
Famílias de baixa renda
Jovens
Lideranças Comunitárias
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Local: sala iluminada e ventilada com no mínimo 50 m². Equipamentos: máquina fotográfica semiprofissional, lentes intercambiáveis, flash, 2 computadores sendo um para edição de imagens e outro para textos, 1 filmadora, 1 impressora. Material de consumo: softwares para edição de imagens e tratamento de fotos e pacote Office. Baterias, papel branco, cartuchos de impressora, pen drives. Mobiliário: mesas, cadeiras e armários.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

O valor mínimo desejável é R$50.000,00 (cinquenta mil reais) suficiente para compra de um bom equipamento, softwares, mobiliário e remuneração do coordenador técnico com um salário de R$1.500,00 mais encargos, durante um ano. O valor do espaço (compra ou aluguel) não está incluso nesse calculo.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Missão RamacrisnaIncentivo ao empreendedorismo de jovens em situação de vulnerabilidade social
Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Jornal Antenados nº1Baixar
Jornal Antenados nº3Baixar
Jornal Antenados nº15Baixar
Revista Comemorativa 5 anos AntenadosBaixar
Banner Exposição 5Baixar
Folder Ponto de CulturaBaixar
Reportagem Jornal Aqui Betim - Março/2012Baixar
Reportagem Site Revista Mais - Maio/2014Baixar
Jornal Estado de Minas - Maio/2014Baixar
Site Pauta Social - Maio/2014Baixar
Jornal O Tempo Betim - Maio/2014Baixar
Site Pauta Social - Novembro/2014Baixar
Jornal O Tempo - Fevereiro/2015Baixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologiaDepoimento Livre

O Antenados começou atuando em uma pequena sala de aula. O protagonismo, senso de responsabilidade, a ânsia de aprender e principalmente compartilhar o aprendizado recebido, ampliou o circulo de relacionamentos, a expertise em redes sociais, a qualidade dos produtos que criam. Alguns se desligaram, iniciaram faculdade, foram trabalhar na área ou não. Outros chegaram e com o apoio dos antigos, cresceram também como pessoas e como profissionais. Esses jovens criaram um novo patamar de referencia para a família e a comunidade, ao acreditarem em si mesmo e em seu potencial. E são uma grata surpresa para nós da Ramacrisna, que sempre acreditamos que isso é possível. Temos imenso orgulho do que conquistaram e do que ainda serão capazes de fazer. Solange Bottaro – idealizadora do Antenados.